Uma excelente notícia do amigo e parceiro Rogério Dardeau:


Vinho Fino Brasileiro (mensagem de Rogério Dardeau):


Depois de muitos anos em pesquisas, nascerá, em dezembro, o livro integralmente dedicado à vitivinicultura brasileira contemporânea, no campo dos vinhos finos. 
Estou muito feliz com isso. Dedico o trabalho aos produtores brasileiros que, com muita luta, elaboram vinhos de destaque.

O conteúdo do livro aborda história, conceitos, legislação, cenário atual, enoturismo, práticas nos vinhedos e nas cantinas, castas em uso no Brasil, regiões vitivinícolas, terroirs, organismos de classe e reguladores, associações de produtores, produtores de vinhos finos, artesãos, produtores naturais, vinícolas, négociants, harmonização com a cozinha brasileira e desafios do setor.

Estou certo que o trabalho suscitará debate e isso é muito bom. Também sei que, com o crescimento dos projetos vitivinícolas brasileiros, rapidamente o conteúdo precisará ser atualizado. Mas as quase trezentas páginas, carinhosamente lidas e comentadas por Sonia Denicol e prefaciadas por Pedro Hermeto foram escritas com muito orgulho de nossos vinhos.

Conselheiro do Ibravin e presidente do Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Bebidas Derivadas da Uva e do Vinho do Estado do Rio Grande do Sul (Sindivinho RS), Gilberto Pedrucci acredita que o Anuário Vinhos do Brasil pode ser uma base para consumidores e compradores de hotéis, restaurantes e lojas de bebidas. “É uma publicação que já se tornou referência para o mercado e que mostra a evolução na qualidade dos produtos brasileiros. Além disso, a Grande Prova coloca lado a lado pequenos e grandes produtores, o que permite que todas sejam valorizados da mesma forma”, avalia.

           O Anuário Vinhos do Brasil 2015 poderá ser adquirido nas principais livrarias do país e em bancas selecionadas. 

                        Anuário Vinhos do Brasil 2015 chegou às bancas com os melhores em 22 categorias. Publicação com o resultado da Grande Prova, que avaliou cerca de 700 rótulos de sete estados.

Confira o resultado da Grande Prova Vinhos do Brasil 2015:

• Melhor Espumante Brut Branco: Cave Geisse Brut 2012, Vinícola Geisse, Pinto Bandeira-RS)
• Melhor Espumante Brut Rosé (Empate): Espumante Bossa Nº3, Vinícola Hermann, Bento Gonçalves-RS e Espumante Yoo Boutique Brut Rosé, Décima, Caxias do Sul-RS
• Melhor Espumante Extra-Brut/Nature: Espumante Extra Brut 2014, Vinícola Geisse, Pinto Bandeira-RS
• Melhor Espumante Prosecco/Glera: Espumante Aurora Prosecco, Aurora, Serra Gaúcha-RS
• Melhor Espumante Moscatel Branco: Espumante Moscatel Pedrucci 2013, Pedrucci, Garibaldi-RS
• Melhor Espumante Demi-Sec Branco: Espumante Demi-Sec, Courmayeur, Serra Gaúcha-RS
• Melhor Espumante Moscatel/Demi-Sec Rosé: Espumante Casa Perini Aquarela Moscatel Rosado, Perini, Farroupilha-RS
• Melhor Chardonnay: Cerro Da Cruz Chardonnay 2012, Nova Aliança, Campanha Gaúcha-RS
• Melhor Sauvignon Blanc: Miolo Reserva Sauvignon Blanc 2014, Miolo Wine Group, Campanha Gaúcha-RS
• Melhor Gewüztraminer: RAR Collezione Gewürztraminer 2011, Miolo Wine Group, Campos de Cima da Serra-RS
• Melhor Moscato: Moscato Giallo 2014, Giacomin, Flores da Cunha-RS
• Branco de Outras Castas e Cortes: Quiron Chardonnay / Sauvignon Blanc 2013, Cattacini, Serra Gaúcha-RS
• Tinto Cabernet Sauvignon: Aurora Cabernet Sauvignon Millesime 2011, Aurora, Serra Gaúcha-RS
• Melhor Merlot: Monte Paschoal Dedicato Merlot 2013, Basso, Serra Gaúcha-RS
• Melhor Tannat: Tannat Casa Venturini Reserva 2012, Venturini, Campanha Gaúcha-RS
• Melhor Pinot Noir: Viapiana Pinot Noir 2012, Viapiana, Serra Gaúcha-RS
• Melhor Cabernet Franc: Dunamis Cabernet Franc 2012, Dunamis, Campanha Gaúcha-RS
• Melhor Marselan: Cave Antiga Marselan 2007, Cave Antiga, Cotiporã-RS
• Melhor Tinto de Outras Castas: Ancellotta Reserva 2014, Giacomin, Serra Gaúcha-RS
• Melhor Tinto Corte: Épico, Guatambu, Campanha Gaúcha-RS
• Melhor Rosé: Macaw Tropical Frisante Rosé, Perini, Farroupilha,RS
• Melhor Doce/Fortificado: Reggio Di Castela 2004, Irmãos Molon, Serra Gaúcha-RS
Imagem: Capa do Anuário Vinhos do Brasil
Crédito: BACO Multimídia/Reprodução

Assessoria de Imprensa Ibravin
Martha Caus – (54) 3039.0096 / (54) 8111.4450 – imprensa@ibravin.org.br 
Cassiano Farina – (54) 3039.0096 / (54) 9937.9027 – imprensa2@ibravin.org.br
Diego Adami - (54) 3039.0096 / (54) 8135.0374 - imprensa4@ibravin.org.br

Maior degustação às cegas de vinhos e espumantes brasileiros, a Grande Prova Vinhos do Brasil teve o seu resultado divulgado no Anuário Vinhos do Brasil 2015, lançado na edição deste ano da Expovinis, em São Paulo, e que chega às bancas esta semana. Para eleger os melhores em 22 categorias, um júri internacional, composto por sommeliers e enólogos, avaliou cerca de 700 rótulos de 87 produtores de sete estados, com a curadoria do jornalista Marcelo Copello.
Editado pela Baco Multimídia em parceria com o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o Anuário Vinhos do Brasil 2015 traz a compilação e a análise dos números da produção e do mercado com dados detalhados, consolidados e atualizados. A publicação, com 164 páginas, também apresenta matérias sobre o universo do vinho, como gastronomia, saúde, comportamento, consumo, história, negócios e enoturismo, além de entrevistas com profissionais e dirigentes ligados ao setor.
"O Anuário atinge sua maturidade junto com o sucesso da Grande Prova Vinhos do Brasil, que apresentou vinhos de incontestável qualidade, muitos conquistando medalhas de ouro e prata e outros se mostrando extremamente promissores ", comenta Sérgio Queiroz, um dos organizadores do Anuário e jurado do concurso.

Publicações

O Livro Vinho & Prazer de Rogério Dardeau estará disponível, em breve, na loja da VINUM Rio.

​​​
“Vinho & Prazer, entre outras, tem a virtude de ser uma publicação didática, que apresenta aos leigos os fundamentos dessa bebida apaixonante. Dos aspectos históricos às terminologias; das castas, países e regiões às boas combinações com a comida. Porém, não reside aí o seu maior mérito. Ao tratar do vinho brasileiro com ênfase e profundidade, Rogerio Dardeau traça o mais rico panorama na enologia verde-amarela já feito fora do ambiente acadêmico (...). Porém, o mais importante é a inédita catalogação da produção brasileira de vinhos, resultado de mais de 30 anos de dedicação ao assunto (...). Ao explorar esse universo de maneira exemplar e pioneira, agregando ainda uma síntese universal do vinho, Rogerio Dardeau nos brinda com um livro que é, ao mesmo tempo, didático e prazeroso, profundo e analítico – um volume fundamental nas bibliotecas de enófilos experimentados e leigos. E nas de enólogos e sommeliers também, é claro. (Fragmento do prefácio de Bruno Agostini)